A influência da Transformação Digital na educação
Por Tiago Magnus CEO do Portal transformacaodigital.com

5 minutos de leitura

Educação é um tema que desperta diferentes tipos de reação nas pessoas. Num debate político, ela aparece ora como problema ora como solução.

 

Entre professores, pensadores e acadêmicos, é um território cheio de questionamentos, com pouco consenso sobre o seu futuro. Mas e a transformação digital na educação? O que desperta?

 

É fato que, ao olharmos para o ensino no Brasil de um modo geral, a sensação é de que ainda não saímos da caverna.

 

Pensar em tecnologia aplicada à educação na realidade de países como o nosso, com graves problemas de infraestrutura no ensino público, parece algo distante, embora já existam iniciativas.

 

Mas, talvez, o que ficou congelado durante muito tempo (bota tempo nisso!), comece a ter mudanças significativas na era digital. A raiz dessas mudanças se chama plataforma digital de educação, uma solução disruptiva e inovadora.

Quem são os estudantes da era digital?

 

Ainda que as escolas resistam às mudanças de alguma forma, em algum momento isso vai deixar de acontecer, afinal, as novas gerações estão altamente conectadas.

 

Os números não mentem. O levantamento Millennial Survey, de 2014,  já revelava que 78% de uma amostra de jovens brasileiros utilizava smartphones. Preste atenção: isso há 4 anos!

 

Esse cenário não pode ser ignorado pela escola, assim como as demais instituições educacionais que farão parte da formação dessas gerações.

 

As expectativas desses estudantes em relação ao ensino e, principalmente, sobre o ambiente de aprendizado, não são as mesmas que as de 10 ou 20 anos atrás, e nem deveriam ser.

 

Pois, bem, se o mundo está mudando, a educação deve preparar as pessoas para isso.

 

Cientes disso, os profissionais conectados com o futuro já trabalham em tecnologias, como as plataformas digitais de educação, em todos os níveis de ensino, modalidades e com diferentes objetivos.

O que as plataformas digitais de educação oferecem ao ensino?

 

O conceito de plataforma digital já chegou em muitos setores. Objetos digitais de aprendizado conectados entre si, conteúdos acessados a qualquer hora por alunos, mediando a relação entre eles e seus professores, e mesmo empresas que abrem as portas para a educação presencial através do meio digital. Essa é a realidade das plataformas de educação.

 

Por elas, os alunos aprendem de diversas formas, pois a tecnologia traz mais liberdade ao aprendizado, explorando recursos diferentes.

 

Portanto, ao pensarmos em uma questão bastante peculiar da educação, que é a diferença do ritmo de aprendizado de cada um, assim como a afinidade com métodos e conteúdos distintos, estamos diante de algo que pode resolver uma série de questões, a começar pela própria qualidade do ensino.

Como a tecnologia pode trazer mais valor ao que de fato importa?

 

Afinal, o que vale mais a pena, cursar um MBA, fazer um curso específico ou tirar um certificado online? Não parece, mas essa pergunta carrega questionamentos mais profundos que, na verdade, discutem valores sociais e culturais associados ao título.

 

Além de seus feitos, o que a tecnologia faz por nós é muito mais do que oferecer produtos inovadores. O legado que elas deixam é o que faz as pessoas migrarem cada vez mais para o lado de cá leia-se, da Transformação Digital.

 

Isso porque elas dão mais sentido às coisas, incluindo o aprendizado, além da capacidade que possuem de romper barreiras de diferentes naturezas, financeiras, sociais, culturais etc. Dar sentido neste caso seria “se o MBA não está me levando aonde eu acredito que posso chegar, é melhor que eu estude em casa.”

 

Se antes aprendemos que deveríamos estudar para nos encaixarmos no mercado, hoje, as pessoas estudam para transformá-lo.

 

Não estamos dizendo aqui para as pessoas largarem a faculdade. Mas que a educação digital está transformando o valor de títulos e diplomas, valorizando o que eles representam na sua essência, para além de status e valores culturais. Isto é, o conhecimento em si.

 

Quanto às iniciativas na educação digital, como as plataformas aumentam a possibilidade de o aluno se adaptar ao método, promovem o aprendizado de uma maneira mais natural.

 

Veja algumas características dessas plataformas que motivam alunos e facilitam o processo:

 

  • Histórico dos alunos integrado;
  • Objetos digitais de aprendizado mapeados ;
  • Conteúdo dinâmico, em diferentes formatos (vídeos, fotos, palestras, infográficos);
  • Modelo responsivo para diferentes dispositivos;
  • Aulas à distância;
  • Armazenamento em nuvem;
  • Rendimento dos alunos monitorado.

Essa tendência já atingiu todos os níveis de ensino, de escolas a universidades, de centros técnicos a empresas, como no caso de organizações que querem treinar e desenvolver seus colaboradores e criam seu próprio ambiente virtual de aprendizado.

 

A internet está se tornando um território cada vez mais qualificado.

 

Portanto, podemos dizer que há algum tempo que ela deixou de ser um local apenas de entretenimento e lazer, mesmo sem deixar de lado o prazer da experiência, como é no caso do ensino através de plataformas digitais de educação.

 

A influência da Transformação Digital na educação
Avalie esse post
Você pode também gostar