A Impressora 3D está nos fazendo repensar o consumo, a produção e a tecnologia

Seria loucura dizer, há alguns anos atrás, que poderíamos imprimir objetos do conforto de nossas casas. Mais loucura ainda seria pensar que esta casa também pode ter sido impressa. Com a impressora 3D, alguns desejos e receios do futuro chegaram mais rápido até nós.

 

Alguns analistas preveem um mercado mundial de mais de 20 bilhões até 2020 para a Impressora 3D. A PwC estima que 67% da indústria manufatureira americana já está usando ou experimentando processos com a impressora 3D. A Siemens propõe que nos próximos cinco anos as impressoras 3D estarão 50% mais baratas e 400% mais rápidas. Que esta tecnologia está crescendo rapidamente ficou claro, mas o que você sabe sobre ela?

O que é a impressora 3D e como ela funciona

A impressora 3D funciona pelo processo chamado manufatura aditiva. Este processo permite criar modelos digitais em 3D, para que sejam produzidos, camada por camada, ganhando forma e profundidade.

 

impressora 3d

 

Ou seja, para que um objeto seja impresso por uma impressora 3D, é preciso que ele tenha sido, antes de tudo, construído em um software de edição 3D no computador. A modelagem de objetos em três dimensões, também conhecida por “modelagem por acumulação” significa que você só vai gastar o material utilizado na modelagem para criar o seu objeto, nada além disso. Isso representa grandes transformações para o mercado da manufatura.

 

Como a matéria-prima é comercializada por quilo, basta descobrir quanto pesa o objeto que você quer imprimir e calcular o valor com base no preço do material utilizado. Não existem desperdício ou perdas no processo, além de não ser necessário muita obra prima para a criação, o que diminui muito os custos de produção.

 

O que já pode ser produzido com uma impressora 3D?

Certo, mas o que já está sendo criado com impressoras 3D? Os principais itens produzidos atualmente são:

 

  • Arte: joias, esculturas;
  • Entretenimento: action figures, miniaturas;
  • Arquitetura: visualização de construções de forma barata e rápida;
  • Saúde: implantes, próteses e modelos educacionais;
  • Cozinha: diversos alimentos podem ser impressos, como massas, chocolate etc;
  • Indústria: peças sobressalentes para diversas máquinas.

 

Tudo isso é impresso em materiais como

 

  • Plásticos (ABS, polímero, acrílico)
  • Metais (aço, titânio, ouro, prata)
  • Compostos de cerâmica
  • Papel
  • Açúcar
  • Borracha
  • Areia
  • Tecidos Humanos

 

De pequenos objetos de decoração até órgãos humanos, as impressoras 3D estão iniciando o processo de transformação da forma que consumimos, da produção e o mercado da tecnologia.

O que isso significa para o mundo?

A impressora 3D traz grandes receios, como o da impressão de armas, até soluções inacreditáveis para a medicina, como a impressão de vasos sanguíneos a partir do açúcar. Isso tudo se desenvolveu muito rápido e tem criado um universo open source de projetos em modelagem 3D pelo mundo.

 

impressora 3d

 

Imagine que uma pequena peça de metal de sua câmera digital quebrou. Com a impressora 3D você poderia criar a modelagem desta peça na sua própria casa para consertar o aparelho. Em muitos casos, se isto já foi feito anteriormente, você poderia encontrar esta modelagem online e apenas resolver o seu problema.

 

Isso implica em diversos conflitos de direitos autorais ligados a produção de bens de consumo em casa. Além disso, também implica que a indústria precisará cada vez mais criar produtos diferenciados, difíceis ou impossíveis de serem copiados para que sejam válidos.

 

A impressão 3D pode significar uma participação mais ativa das pessoas no mundo da tecnologia e do consumo. Pode abrir diversos campos de atuação e empregos ligados à modelagem industrial por todo o mundo. Pode nos tornar mais conscientes dos objetos que nos rodeiam, ou pode simplesmente se tornar mais um processo de produção feito por poucos para muitos. O que você quer fazer com isso?

 

Quer entrar neste mundo da tecnologia de impressão 3D de forma ativa? Venha participar de nosso bootcamp de 12/junho a 03/agosto para conhecer mais sobre as tecnologias emergentes e mergulhar no mundo da programação!

 

Deixe uma resposta