Carreira de TI: Como planejar a sua
Por Leandro Oliveira CEO da Vibbra

4 minutos de leitura

O início de toda carreira parece difícil. São tantas coisas pra aprender e tarefas que não sabemos por onde começar, que deixam a gente com saudades do tempo em que só precisávamos estudar, não é?

 

Na área de Tecnologia da Informação (TI), também temos as dúvidas sobre qual a faculdade certa a se fazer (ou não), sem falar das diferentes linhas de atuação de um profissional de TI pode seguir. Bom, vamos tentar esclarecer algumas dessas dúvidas e ajudar você que quer começar uma carreira de TI!

 

Antes de mais nada, você sabe como é trabalhar com TI?

 

A primeira pergunta que você deve se fazer é se de fato sabe como é trabalhar com tecnologia da informação. Se quer seguir essa carreira porque gosta de usar o computador o tempo todo, você está fazendo isso errado!

 

Focar na tecnologia é o primeiro erro e o mais comum.

 

Um bom profissional de TI usa a tecnologia como ferramenta para manipular informações de diferentes formas e obter resultados. Então, muito antes de sair fazendo qualquer coisa no computador, você precisa aprender a ter raciocínio lógico e a trabalhar sua capacidade de resolução de problemas. Tendo essas habilidades bem desenvolvidas, você consegue atuar em todas as áreas que uma carreira de TI oferece.

 

Lembre-se: tecnologia é apenas uma ferramenta e que está em constante evolução. Se apegar a uma tecnologia específica é o mesmo que ser uma marceneiro que só usa martelo pra tudo.

 

 

via GIPHY

 

OK! Acho que a carreira de TI é pra mim, como eu começo?

 

Primeiro passo: saiba onde está pisando

 

Pra começar a se desenvolver e ter os primeiros contatos com a área, antes de cair de cabeça em uma faculdade e depois descobrir que não é pra você, sugiro um dos 2 caminhos, ou os 2 em paralelo.

  • Faça um curso técnico.
    • Com um curso de Informática ou algo do tipo, seja presencial ou online, você terá uma grade curricular que lhe dará acesso aos conteúdos básicos da área como algoritmos, lógica de programação, linguagens de programação e projetos de software. Assim, você tem a chance de entender se de fato essa carreira é pra você.
  • Seja autodidata.
    • Hoje em dia você encontra tudo na Internet e pode se organizar para começar a estudar sobre TI por conta.

 

Uma vez que você deu os primeiros passos e não desistiu, parabéns, a carreira de TI pode ser a certa pra você!

 

Segundo passo: faculdade(?)

 

Para continuar se desenvolvendo você precisa seguir estudando, mas será que precisa de uma faculdade? Não necessariamente.

 

Muitos profissionais que hoje inclusive atuam como Vibbrantes, possuem perfis experientes e que não deixam a desejar em nada para quem fez uma faculdade. Como comentei anteriormente, você encontra muito material de qualidade online, sem falar de vários cursos que temos no mercado que te ensinam desde o básico, até técnicas e tecnologias específicas, mesclando com prática, que podem te garantir uma excelente formação.

 

Agora, a faculdade é sempre uma ótimo opção, pois te traz uma imersão de longo prazo dentro de área, além de te apresentar as diferentes linhas de atuação de um profissional de TI. Existem várias faculdades ligadas a tecnologia da informação, mas as principais seguem sendo as listadas abaixo.

 

  • Ciência da Computação: foco maior em desenvolvimento de software.
  • Sistemas de Informação: foco maior em análise e administração de sistemas computacionais.
  • Engenharia da Computação: foco maior em desenvolvimento de projetos de hardware e software.

 

Qual escolher? Vai depender do foco que você quer dar para a sua carreira. Se você quer trabalhar com programação e desenvolver apps mobile e sistemas web como o Facebook, é indicado Ciência da Computação ou Sistemas da Informação. Se quer atuar mais na área de planejamento de sistemas e gestão de equipes, recomendaria Sistemas de Informação. Mas se você tem um lado mais mão na massa, literalmente, Engenharia da Computação te dará a base necessária para você criar seus próprios robôs.

 

Terceiro passo: busque muita prática e experiência

 

Nenhuma carreira se faz em cima de teoria, é sempre necessário muita prática pra você adquirir a experiência necessária para chegar onde quer. Se você optou por seguir a carreira de TI e já passou pelo primeiro passo desse material, já está na hora de se aventurar praticando, seja criando seus projetos pessoais ou ajudando o seu amigo ou parente a criar aquele app ou site. Quanto mais projetos você desenvolver pondo em prática o que aprende, mais rápido você se desenvolve como profissional e consegue avançar na carreira de TI.

 

Uma dica legal para você acelerar o seu desenvolvimento é atuar como freelancer, ou seja, pegar projetos por conta e ser pago por isso. Como freelancer você consegue atuar em uma variedade maior de projetos, tendo acesso a diferentes experiências que vão contribuir para você ser um profissional ainda mais completo. Crie sua conta no Linkedin e mantenha atualizada, deixe claro seu trabalho como freelancer no perfil. Outra dica é participar de grupos no facebook de freelancers e linguagens que você estuda, sempre surgem oportunidades legais de começar.

 

Se você seguir esses 3 passos, com certeza conseguirá trilhar uma carreira de TI promissora, a ponto de ser inclusive chamado para ser um de nossos Vibbrantes aqui na Vibbra! 😉

 

 

via GIPHY

 

Carreira de TI: Como planejar a sua
5 (100%) - 3 votos
Você pode também gostar