A vida natural e inteligência artificial

Regina Barzilay, professora do MIT, ganhou o prêmio Squirrel AI, concedido por uma escola privada chinesa para pesquisas e descobertas relevantes no campo da inteligência artificial.

Uma iniciativa com nome de esquilo (squirrel) pode soar esquisita, mas a premiação de 1 milhão de dólares a coloca no mesmo patamar de interesse do Nobel (ciências, economia e literatura) e do Turing Award (tecnologia).

Regina desenvolveu pesquisas para a criação de algoritmos tanto para o reconhecimento precoce de câncer de mama, quanto para o desenvolvimento de medicamentos para essa mesma doença. 

Suas pesquisas nasceram de sua experiência particular.

Ela teve câncer em 2014 e achou incompreensível que, para uma doença com tanta prevalência, não existissem bases de dados robustas que permitissem aprender com a infinidade de casos clínicos existentes na história médica.

A professora do MIT aproveitou o destaque recebido com o prêmio para manifestar ceticismo em relação aos avanços de inteligência artificial em campos sensíveis como a ciência médica.

Seus argumentos conjugam, de forma generalista:

(1) a nossa incapacidade na criação e organização de base de dados, que são a matéria básica da inteligência artificial, bem como (2) a resistência humana em aceitar que as máquinas possam assumir o controle de atividades críticas com a mesma capacidade do ser humano.

De forma mais direta:

Precisamos aperfeiçoar nossos conhecimentos sobre estrutura de dados para que possamos nos dedicar a organização das informações e garantir análises mais precisas, porém, isso depende de um entendimento maior, até mesmo científico sobre dados.

Não se deixe assustar com a palavra “científico”.

Queremos enfatizar a necessidade de ter método de coleta e tratamento. 

Dados precisam ser representações imparciais da realidade e não podem estar contaminados por vieses e imperícias técnicas.

Leia o artigo sobre Regina Barzilay, publicado na revista do MIT.

Essa notícia foi publicada hoje no M/Daily – iniciativa da Mastertech que traz materiais e curadorias sobre agilidade, negócios, transformação digital, diretamente no seu WhatsApp.

Venha conhecer nossa essência, nossas coisas, nossas histórias. Para juntar-se a essa comunidade, só acessar: http://bit.ly/wpp-mdaily

Deixe uma resposta