4 minutos de leitura

Se você procurar conteúdo e Inbound Marketing nas ferramentas de busca, o que mais vão aparecer são artigos explicando a diferença entre inbound marketing e marketing de conteúdo. Poderíamos substituir a grande maioria deles por uma orientação mais detalhada da importância e do uso do conteúdo no Inbound, já que o inbound marketing só existe a partir de bons conteúdos.

 

Colocando em outras palavras, não dá para fazer inbound marketing sem marketing de conteúdo. O especialista em marketing digital Neil Patel destaca constantemente em seus textos a importância de utilizar o conteúdo como aliado no inbound marketing e na estratégia geral de marketing digital para trazer melhores resultados.  

 

Abaixo você vê algumas das instruções de Neil junto aos conceitos de nossa experiência com a metodologia de inbound e a criação de conteúdos.

 

Inbound Marketing como metodologia

 

inbound marketing

 

A premissa do inbound marketing é a de que o consumidor não está interessado em ser interrompido com marketing enquanto está fazendo outra tarefa. Entretanto, quando ele procura por uma empresa, produto, serviço ou assunto relacionado à um problema que pode ser resolvido pelos anteriores, ele estará muito mais receptivo a aceitar uma oferta que condiz com sua pesquisa.

 

Mas onde ele vai encontrar essa oferta? Como vai chegar até ela? Como vai partir dela para o produto ou serviço que você está oferecendo. Aí entra o marketing de conteúdo.

 

Marketing de conteúdo como instrumento

 

inbound marketing

 

O marketing de conteúdo tipicamente envolve a criação de conteúdo que o consumidor dentro do público-alvo achará útil, prestativo ou interessante. Mesmo que o conteúdo não possua um call to action forte ou que não trate sobre o produto ou serviço, sua existência ainda pode ajudar o público à construir afinidade com a marca.

 

Usar o conteúdo dentro do inbound marketing é entregar o que o público precisa, do jeito certo, na hora certa. É sobre aproveitar o contexto, compreender os interesses do público e ser encontrado. A partir de então, é possível fornecer o caminho até a venda de seu produto ou serviço.

 

Os cinco passos para gerar conteúdo para o inbound marketing

 

Inbound marketing não é um evento com começo meio e fim, mas sim um processo contínuo. Tomar tempo para organizar seus processos para a geração de conteúdos em um calendário ajuda você a não deixar isso de lado. Pense como uma editora, e não como um escritor de artigos. O primeiro passo é nesse sentido.

 

1. Crie um cronograma de conteúdos

 

Faça uma sessão de brainstorming para delinear tópicos de conteúdo por um determinado período de tempo. Se você irá postar 2 textos por semana, por exemplo, você precisará de aproximadamente 100 tópicos para todo o ano de conteúdos.

 

Pense em tópicos que estão em alta no seu mercado, responda as perguntas frequentes do público sobre seu produto ou serviço, ajude nos desafios de seu público que se relacionam ao seu setor. Uma boa forma de começar a delinear ideias é olhando o que seus concorrentes estão fazendo e visitando páginas de interesse de seu público.

 

2. Crie um esboço dos artigos

 

Para os conteúdos à serem feitos na próxima semana, crie uma lista dos pontos principais a serem argumentados no texto. Isso ajuda tanto na qualidade do conteúdo, quanto impulsiona você a escrever quando a hora chegar.

 

3. Determine como o conteúdo será distribuído

 

Antes de começar a escrever, é importante pensar em como você irá distribuir esse conteúdo em suas plataformas. De quantas formas diferentes você pode apresentar essa ideia? Você pode criar um infográfico atraente para postar no Twitter, Facebook, Pinterest? É possível montar uma apresentação para compartilhar no LinkedIn? O conteúdo se encaixa em um vídeo para o YouTube?

 

Criar o conteúdo ao menos uma semana antes da data de publicação te ajuda a pensar nesses formatos para produzir com qualidade e otimizar sua distribuição segmentada.

 

4. Promova cada pedacinho de conteúdo

 

Para a palavra chegar à todo seu público, Neil sugere que você reúna uma lista dos blogs e influenciadores que podem expandir sua mensagem. Procure por parcerias para publicar guest posts com seu conteúdo, procure pessoas com as quais seu público se identifica e peça para retweetarem seu conteúdo e compartilhar ideias sobre ele.

 

5. Otimize a performance de seu conteúdo e escrita

 

Rastreie as conversões do seu conteúdo, otimizando a partir de palavras-chave ou frases. Meça o engajamento do público com o conteúdo no passar do tempo para entender quais assuntos ou escritores estão gerando os melhores resultados.

 

Gerar um retorno sobre investimento com inbound marketing demanda tempo e disciplina, mas esse processo é uma ótima forma de começar. 

 

Use o conteúdo como aliado no Inbound Marketing
Avalie esse post
Você pode também gostar