Quando pensamos em marketing digital, acabamos nos concentrando muito no que fazer e pouco em como tornar todas as ações possíveis. Mas no marketing, o timing é tudo, e as duas partes do timing no marketing são a frequência e a consistência.

 

Por esse motivo, vamos passar a falar sobre como fazer isso e quando é o melhor momento. A ferramenta mais valiosa em seu arsenal de marketing digital ajudará você a saber quando fazer alguma coisa, manter sua frequência e, mais importante, sua consistência. Essa ferramenta é o seu plano de marketing digital.

 

Por que você precisa de um plano de marketing digital?

 

De forma simples, é por conta do plano de marketing digital que você não precisa acordar todas as manhãs e dizer: “Puxa, que tipo de coisas vamos publicar no dia de hoje para aumentar as vendas?” Como profissional de marketing digital, você precisa estar pensando sobre o que você estará fazendo 1, 2, 3 e até 6 meses antes das publicações.

 

Hoje você assiste aos eventos do dia para ver como você pode aproveitar a onda social para os próximos meses. Os momentos mais importantes do marketing são aqueles planejados com antecedência. Você precisa de um calendário de marketing para poder planejar seu ano, suas semanas e seus dias.

 

Isso faz com que você esteja pronto para aproveitar oportunidades à todo momento, sem cair no erro de deixar uma grande chance passar.

 

Por onde começar?

 

A primeira regra de ouro para fazer qualquer coisa, assim como criar um calendário de ação, é manter a simplicidade. Dito isso, use uma ferramenta que você conheça e esteja familiarizada, como uma planilha ou o Google Agenda ou qualquer aplicativo de calendário que você use o tempo todo. Existem dezenas de exemplos realmente bons e simples de calendários de marketing disponíveis à um clique de distância. Aqui estão alguns:

 

 

Agora que você já tem uma ferramenta base, a seguir estão os pontos principais de cada campanha ou ação que você precisa incluir.

 

Data: quando esta campanha ou conteúdo será publicado?

 

Nome da campanha: um nome para este conteúdo (blog, artigo, postagem, etc.) ou para a campanha toda.

 

Equipe: quem é o responsável pela campanha? Quais pessoas estão envolvidas em criá-la e quais são suas funções?

 

Status: qual o status atual da ação à medida que ela se move pelo processo?

 

Escolha quais são os pontos mais importantes para você adicionar. O principal deste exercício é criar um sistema de calendário que funcione para você e sua equipe de marketing, para mantê-la ciente e responsável por cada item do plano de marketing que deve ser concluído.

 

Planejando e criando seu calendário

 

Toda empresa tem algum tipo de sazonalidade. Por exemplo: os negócios de varejo são mais fortes entre outubro e dezembro. Os negócios de software ou SaaS são mais lentos no verão e têm pontos altos nos finais dos trimestres do calendário.

 

De quais eventos sua empresa participa? Você pode considerar criar seu calendário de marketing em torno desses eventos ou em torno de um evento específico que realmente impulsione seus negócios, como uma feira ou conferência anual.

 

Depois de identificar esses eventos ou padrões sazonais, crie seu calendário em torno deles. Além disso, para mídias sociais, você pode engajar seu público compartilhando conteúdo relacionado a determinados eventos da agenda, como feriados ou datas comerciais como volta às aulas, dia do cliente, mês de conscientização sobre alguma causa específica, black friday. Planeje seu marketing em torno dele e trabalhe de trás para frente com base no tempo necessário para produzir, aprovar e lançar cada campanha ou conteúdo.

 

Você ficará surpreso com a rapidez com que o calendário é preenchido e verá onde as lacunas podem ser preenchidas.

 

Execução é tudo

 

Gerar ideias pode ser fácil, mas a execução é tudo. Não importa o quão incrível é a sua ideia de “mudar o mundo”. Se você não puder executá-la, de nada adianta. Por isso, uma ideia simples, mas bem executada, pode trazer uma transformação muito maior. Seu plano de marketing é uma parte muito importante da execução.

 

Também é útil lembrar que ninguém é perfeito. A vida acontece. Você perderá um prazo, digitará errado uma palavra ou duas, pode compartilhar um link errado nas redes, entre outros pequenos erros. Seu plano é um lembrete e um organizador, não um peso. Cabe a você e sua equipe criar o sistema que funciona da melhor forma nesse sentido.

 

Quer ajuda para isso? Com o Imersivo de Marketing Digital da Mastertech você aprende a aplicar as principais técnicas dentro do marketing digital, desde fundamentos e criação de personas, até a prática e a mensuração dos dados para aperfeiçoar seus projetos e empresa. Acesse aqui para saber mais!

 

Como criar um plano de marketing digital?
Avalie esse post
Você pode também gostar