Ainda que muitos pensem que marketing digital só se trata de postagens em redes sociais e blogs, ele vai muito além disso. Se você deseja obter uma vantagem competitiva no mercado, deve fazer um trabalho melhor ao usar os dados à sua disposição.

 

Em geral, não há uma categoria de dados que seja mais valiosa do que outras. O valor dos dados depende de como você coleta, armazena e aplica. Você precisa de processos simplificados para coletar dados limpos e de alta qualidade e precisa armazená-los em uma infraestrutura sólida que permita que você possa visualizá-los de forma adequada.

 

A seguir você conhece três estratégias que os profissionais de marketing podem usar para obter mais valor de seus dados e acelerar os resultados de marketing.


Concentre-se em dados observáveis

 

Depois de estabelecer uma base sólida para coletar dados de qualidade, você pode se concentrar em maneiras inteligentes de usá-los e em combinar diferentes conjuntos de dados de maneiras criativas.

 

Quando se trata de impulsionar as compras, um dos conjuntos de dados mais valiosos são dados de compra observáveis, especificamente informações sobre usuários que adquiriram uma determinada marca ou produto no passado.

 

Esta é uma ferramenta valiosa para prever futuras compras. Os profissionais de marketing podem sobrepor esses dados em relação a outros conjuntos de dados, como indicadores do mercado, incluindo o tempo gasto na visualização do anúncio, o foco do mouse e os cliques no site, por exemplo. Os dados mais comumente aplicados, como histórico de navegação e compras anteriores, são usados para segmentar o público com maior probabilidade de conversão.

 

Considere “preditores negativos”

 

Os profissionais de marketing usam comportamentos observáveis, como visualizações de página e histórico de pesquisa, para fazer suposições informadas sobre se alguém está ou não no mercado para um produto ou serviço.

 

Mas, ao criar um público-alvo, muitos ignoram a importância dos “preditores negativos”. Compreender padrões de comportamento que impeçam um consumidor de realizar a ação desejada é igualmente importante.

 

Veja um exemplo simples: um fabricante de automóveis deseja veicular anúncios para pessoas que solicitaram uma cotação de um carro nos últimos dois meses. É inevitável que isso vai alcançar algumas pessoas que já fizeram uma compra.

 

Ao adicionar outra camada de segmentação, o fabricante pode evitar o envio de mensagens a pessoas que já compraram um carro, dando um grande impulso ao ROI em seus gastos com marketing.

 

Use dados sociais de formas variadas

 

Os profissionais de marketing sabem que o boca-a-boca é poderoso, mas aproveitar seu poder pode parecer desafiador. Os dados podem ajudar. Existem maneiras comprovadas de usar dados e estratégia para influenciar como as pessoas falam sobre uma marca e criar eficiências de conversão.

 

Além de usar os dados para definir audiências com maior probabilidade de conversão, tente usar dados sociais para segmentar as pessoas-chave na rede do seu grupo-alvo: os “influenciadores diários”. Os influenciadores diários são as pessoas que seu público-alvo mais confia.

 

Essa estratégia aumenta a probabilidade de que esses influenciadores coloquem sua mensagem de marketing em destaque. Também pode prolongar a discussão em torno de sua marca e ajudar a criar defensores da marca.

 

Imagine que uma empresa de TV inteligente tenha criado perfis detalhados e apoiados em dados para seus clientes-alvo. Ela sabe quais sites eles visitam e com quem eles interagem on-line. Em vez de apenas veicular anúncios para segmentar clientes, a empresa também exibe anúncios para seus amigos e familiares. Agora, a esfera de influenciadores de seus clientes em potencial também entende a mensagem de marketing e pode ajudar a impulsionar o processo de compra.

 

Coletar e armazenar dados de maneira eficaz pode ser um desafio, mas é quando você ativa esses dados que consegue avançar no mercado. Como profissional, você precisa de formas sofisticadas e criativas de usar os dados para segmentar seu público-alvo e impulsionar as conversões mais rapidamente. Quer aprender mais sobre isso? Vem conhecer o Data Driven Marketing e guiar suas ações através de provas reais!

 

3 truques de análise de dados no marketing digital
Avalie esse post
Você pode também gostar