Design de produto: qual a importância?
Por Juliana Battistelli

O design de produto consiste em imaginar e criar objetos destinados à produção. Entretanto, apesar do que muitos imaginam, o design não se trata apenas da aparência física do produto. A definição engloba os aspectos físicos, assim como as funcionalidades que os produtos devem possuir para gerar a melhor experiência ao consumidor e usuário.

 

O que é design de produto?

 

Projetar um novo produto passa por um processo analítico e depende de uma abordagem de solução de problemas para melhorar a qualidade de vida do usuário final e sua interação com o ambiente. Trata-se de resolver problemas, de visualizar as necessidades do usuário e trazer uma solução.

 

Os designers de produtos também trabalham com outros profissionais, como engenheiros e profissionais de marketing. Embora não sejam responsáveis ​​por projetar os aspectos puramente mecânicos e tecnológicos do produto, eles estão, no entanto, preocupados com a usabilidade.

 

O design de produto tem muitos campos de aplicação: dispositivos médicos, utensílios de mesa, jóias, esportes e lazer, aparelhos de conservação de alimentos, móveis, etc. Fazer design de produto leva em consideração também o custo de produção, os processos de fabricação e os regulamentos de cada indústria.

 

Por que o design de produto é importante?

 

Quando se trata de criar ótimos produtos, o design é o recurso mais importante. Passamos para o estágio em que o design de produto domina, é o que diferencia as empresas e dá uma vantagem real sobre os concorrentes.

 

Seja você um designer, desenvolvedor, gerente de produto, gerente de programa, gerente de marketing ou gerente de projeto, é essencial entender (e ter um guia de referência) o processo de desenvolvimento de produto para criar seu melhor trabalho.

 

Por que isso é tão fundamental? Utilizar o design como base para o desenvolvimento de produtos permite uma visão centrada no usuário, que compreende o público para o qual está criando e consegue enxergar à frente, alcançando seus reais desejos e necessidades.

 

Design thinking como processo de design de produto

 

O processo de design é dividido em várias fases diferentes, que incluem várias formas de esboços e protótipos. No entanto, às vezes, a ideia começa com um problema que as pessoas podem experimentar e projetar uma solução para resolvê-lo. Trata-se de estabelecer um vínculo entre o usuário e o ambiente, usando um objeto para atender a uma necessidade.

 

design de produto

 

Design thinking é um método para a resolução prática de problemas. Originalmente criado por David Kelley e Tim Brown, da IDEO, o design thinking tornou-se uma abordagem popular para a criação de produtos. Essa abordagem engloba métodos e ideias de design centrado no humano em um conceito unificado. De acordo com Tim Brown:

 

“Design thinking é uma abordagem centrada no ser humano para a inovação, que se baseia no kit de ferramentas do design para integrar as necessidades das pessoas, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso do negócio.”

 

Bons designers sempre aplicaram o design thinking ao design do produto (seja físico ou digital) porque ele está focado no desenvolvimento de produtos de ponta a ponta, e não apenas na parte visual. Conheça a Metodologia de Design Thinking de forma prática com nosso curso. Aqui você vai usar ferramentas de prototipação para criar um mínimo produto viável e validar sua solução proposta.

 

Ao pensar em produtos ou recursos, os designers devem entender os objetivos de negócios e responder primeiro às seguintes perguntas:

 

  • Que problema estamos resolvendo?
  • Quem tem esse problema?
  • O que queremos alcançar?

 

Responder a essas perguntas ajuda os projetistas a entender a experiência do usuário de um produto como um todo, não apenas a interação (sensação) ou visual (visual) do design. Somente depois de responder a essas perguntas, faz sentido procurar uma solução para o problema. Encontrar uma solução para um problema inclui principalmente as cinco fases a seguir:

 

Simpatizar

 

Aprender sobre as pessoas para quem você está criando. Realizar pesquisas para desenvolver uma compreensão mais profunda de seus usuários.

 

Definir

 

Criar um ponto de vista baseado nas necessidades e percepções do usuário.

 

Idealizar

 

Fazer um brainstorming para encontrar tantas soluções criativas quanto possível. Gerar uma gama de possíveis soluções, dando a você e sua equipe total liberdade.

 

Prototipar

 

Construir um protótipo (ou série de protótipos) para testar sua hipótese. Criar um protótipo permite que o designer veja se ele está no caminho certo e, muitas vezes, gera diferentes ideias que não foram sugeridas.

 

Testar

 

Retornar aos seus usuários para feedback.

 

Embora fazer um ótimo design seja importante, comunicar um ótimo design é igualmente necessário. Os melhores conceitos falharão se não forem aprovados pela equipe e pelas partes interessadas. Por isso, os melhores designers de produtos são ótimos comunicadores.

 

A coisa mais importante a lembrar ao projetar produtos é que o design é para pessoas. Para criar ótimos produtos, você deve fornecer os recursos certos, com a experiência do usuário certa para as pessoas certas. Assim, defina seu público-alvo, pesquise seus problemas e, finalmente, concentre-se na criação de um produto que resolva esses problemas!

 

Design de produto: qual a importância?
Avalie esse post
Você pode também gostar