Todos sabemos como automação, inteligência artificial e ferramentas digitais mudaram nossos trabalhos. Nós gastamos mais de um quarto do nosso tempo em e-mail, temos que fazer malabarismos com dezenas de senhas e passamos mais de quatro horas por dia em nossos telefones. Mas como toda essa tecnologia impactou nossos empregos e carreiras?

 

Em pesquisa da Burning Glass Technologies, empresa que analisa quase um bilhão de ofertas de empregos e currículos de milhões de empresas, indicou como empregos estão se tornando mais híbridos e complexos, e agora exigem novos conjuntos importantes de habilidades. Se você desenvolver essas habilidades, poderá aumentar a curva de ganhos e permanecer competitivo em seu campo.

O que são trabalhos híbridos?

 

Todo mundo sabe como as habilidades “sob demanda” são. Mas o que é interessante é como essa demanda é dinâmica, mudando a cada ano. Os papéis híbridos exigem vários conjuntos de habilidades: negócios, marketing e técnico reunidos em uma única pessoa. E esses empregos pagam bem.

 

Os profissionais de marketing estão analisando conjuntos de dados mais complicados, os desenvolvedores estão criando sites e aplicativos que são funcionais e orientam os resultados. Os negócios e a tecnologia não funcionam no vácuo, e espera-se que profissionais qualificados desenvolvam os dois conjuntos de habilidades.

 

A pesquisa da Burning Glass descobriu que os empregos mais bem pagos do futuro são complexos e multidisciplinares, muitas vezes combinando o cérebro esquerdo (lógico, organizado) e o direito (criativo, artístico).

 

Os dados mostram que esses trabalhos são frequentemente funções especializadas: cientista de dados, analista de segurança, gerente de produto, gerente de marketing, designer de interface do usuário. Isso pode incluir design, experiência do usuário, análise e interpretação de dados, bem como perspicácia nos negócios. E como resultado desta natureza híbrida, eles estão disparando em valor.

 

Na verdade, esses empregos híbridos estão crescendo a uma taxa duas vezes maior que a do mercado de trabalho em geral. Eles são 20 a 40% mais bem remunerados do que suas contrapartes mais tradicionais, e agora são encontrados em todos os domínios de negócios.

 

Exemplos de trabalhos híbridos

 

Em marketing e relações públicas, uma nova família de empregos que exigem habilidades analíticas (gerente de marketing, gerente de marketing digital) exige uma combinação de pensamento do cérebro direito (design criativo) com pensamento do cérebro esquerdo (análise) para ter sucesso. Os gerentes de publicidade de hoje são designers criativos e analistas reunidos em um só profissional.

 

Em ciência da computação e aprendizado de máquina, ocorreu o oposto. Uma vez considerados trabalhos altamente técnicos, esses trabalhos exigem habilidades de escrita, habilidades de resolução de problemas, habilidades criativas e de pesquisa e habilidades de trabalho em equipe e colaboração. Então, assim como o gerente de marketing que agora é analista, o engenheiro de software ou cientista de dados agora é uma pessoa de negócios, designer e trabalhador de equipe.

 

Trabalhos altamente analíticos, como um analista financeiro ou cientista, agora exigem habilidades em comunicação visual, pensamento criativo e consultoria.

 

Esses trabalhos híbridos não estão apenas crescendo rápido e bem remunerados, mas também estão imunes à automação. Enquanto tarefas de função única podem ser automatizadas, o trabalho híbrido só pode ser feito por pessoas. O software pode analisar dados, mas precisamos que as pessoas interpretem a análise, apliquem e certifiquem-se de que ela seja ética e válida.

 

E essa tendência está crescendo. A pesquisa da Burning Glass mostra que 42% dos trabalhos normais podem ser automatizados, mas apenas 12% dos trabalhos altamente híbridos podem. Quais são as habilidades que você precisa para esse empregos? A seguir indicamos como elas podem se enquadrar em quatro grandes áreas.

 

Primeiro, você deve desenvolver habilidades em ferramentas digitais e tecnologia digital

 

Estamos todos agora “aumentados” pelas máquinas, portanto, sua capacidade de aprender novos sistemas, configurar e personalizar essas ferramentas e codificá-las, se necessário, é fundamental. Não tenha medo de aprender como criar ou personalizar um sistema de acordo com suas necessidades: esse é seu valor humano agregado.

 

Em segundo lugar, você deve estar confortável com análises e dados

 

De todas as habilidades que vemos crescendo, a análise de dados, incluindo interpretação, visualização e comunicação, é uma das mais importantes. Cada um desses trabalhos com altos salários (gerente de atendimento ao cliente, consultor de assistência médica, profissional de vendas) exige facilidade com análises e dados.

 

Em terceiro lugar, você deve entender os fundamentos dos negócios e gerenciamento

 

Um em cada três trabalhos de TI exige habilidades de negócios e gerenciamento. De acordo com a pesquisa, um total de 57% dos cargos de engenharia agora exigem habilidades de negócios e liderança. No geral, os trabalhos que exigem experiência em gerenciamento de negócios têm um aumento médio salarial de 19%. E os trabalhadores que têm experiência em gerenciamento de projetos ganham 21% a mais do que aqueles que não têm.

 

Em quarto lugar, você deve pensar como um designer ou criativo

 

Mais da metade (54%) de todos os empregos de TI agora exigem alguma forma de design digital. Mais de um quarto (26%) dos empregos em tecnologia agora exigem design, assim como 815.000 vagas no ano passado fora da TI, em campos que abrangem desde a análise de negócios até o financiamento e a fabricação.

 

Enquanto isso, empregos como interface de usuário ou outros tipos de design estão crescendo a 35% ao ano. Embora as máquinas possam automatizar e recomendar decisões, precisamos que as pessoas projetem as experiências do usuário e as interfaces de usuário que usamos todos os dias.

 

Até os tecnólogos não estão imunes a essas mudanças. Hoje, as melhores habilidades estão no aprendizado de máquina, inteligência artificial e novas ferramentas de codificação. De certa forma, é assim que empregos e carreiras sempre evoluíram. A automação muda cada trabalho ao longo do tempo e, se não caminharmos juntos, podemos ficar para trás.

 

O datilógrafo que trabalhou na década de 1970 tornou-se assistente executivo nas décadas de 1980 e 1990 e hoje é um agente de atendimento ao cliente ou especialista em suporte de vendas.

 

O que é diferente desta vez, no entanto, é o ritmo e as combinações que vemos. Quem teria imaginado que os gerentes de marketing mais valiosos conhecem o SQL? Quem esperaria que um engenheiro entendesse os aspectos éticos e de design de seu código? Disciplinas técnicas estão se fundindo.

 

O maior ensinamento que precisamos levar deste estudo é a necessidade de aprendizado contínuo ao longo do tempo. Estas são habilidades que aprendemos através de anos de experiência e autodesenvolvimento. Se você não estiver gastando algumas horas por semana aprimorando suas ferramentas, pode acabar passando por mau bocados no futuro.

 

Nós, como empregadores e funcionários, devemos garantir que o aprendizado contínuo seja incorporado ao fluxo de trabalho. Isso permite que todos nos tornemos mais “híbridos” de uma maneira especial.

 

Quer incrementar suas habilidades dentro de algum campo? Vem conhecer nossa biblioteca online gratuita e cursos presenciais com tudo o que você precisa para crescer no século 21!

 

 

Trabalhos híbridos: as habilidades que estão transformando o mercado
Avalie esse post
Você pode também gostar