4 minutos de leitura

Quando você entra no mundo da programação, descobre que existe uma quantidade imensa de tecnologias que podem ser aprendidas, e depois de um tempo, você descobre que não conseguirá aprender todas. A empresas, para piorar a situação, enchem as suas vagas de tecnologias que não serão usadas no final das contas. Em meio a tantas opções, muitos estudantes se perguntam “como conseguir um trabalho sendo um desenvolvedor web júnior”.

 

Pode parecer impossível conseguir um emprego sem grandes experiências na área da programação, porém, todos os profissionais já estabelecidos no mercado começaram por algum lugar.

 

Para te ajudar um pouco nessa jornada em busca das primeira experiências profissionais, nesse artigo escrito em parceria com a ProgramaThor, vamos te dar algumas dicas muito importantes!

 

Primeiramente descubra onde você quer trabalhar

 

Antes de sair distribuindo o seu currículo deliberadamente, pare um pouco para pesquisar sobre as empresas e áreas de atuação, desta forma ficará muito mais claro as tecnologias e conhecimentos que você deve possuir no seu portfólio.

 

Agência de Criação: onde você projetará sites maravilhosos criados pelas pessoas mais criativas que já conheceu.

 

Grandes Companhias: onde você ganhará a estabilidade e o salário que uma grande empresa pode oferecer, enquanto ainda faz algo significativo.

 

Startups: onde você cria coisas mais “modernas” e espera criar algo que torne a empresa uma potência e torne o mundo um lugar melhor.

 

Freelance: ajudar as pessoas a criar websites enquanto você fica no conforto de casa ou viajando.

Claro que você pode mudar de ideia ao longo da sua vida profissional, mas estar ciente de onde você quer começar pode fazer uma grande diferença e impulsionar sua procura por trabalhos.

 

Aprenda as habilidades necessárias

 

Após decidir qual caminho você vai seguir no início na sua vida profissional, o próximo passo é entender melhor as tecnologias que serão usadas no seu cotidiano. Mesmo que você não seja especialista em algumas, não tenha medo, muitas vezes skills podem ser consideradas apenas como diferenciais.

 

Agência de Criação: é necessário ter certo interesse pelo mundo do design. Você precisa converter arquivos do Photoshop, AI, ou Sketch em sites. Você também pode precisar de algumas habilidades de JavaScript para fornecer animações e interações compatíveis com o design.

 

Grandes Companhias: é importante conhecer um pouco sobre o mercado em geral e entender a posição da empresa pela qual você irá se aplicar. Empresas grandes geralmente pedem que você conheça mais a fundo as tecnologias, tanto back-end quanto front-end, pois vão querer extrair o máximo da sua capacidade.

 

Startups: você precisa ter algum senso comercial e saber quais recursos são importantes e quais não são. Você também precisa ser capaz de criar aplicativos para sua inicialização (certifique-se de que essas habilidades com JavaScript sejam boas o suficiente), e você precisa ser capaz de comunicar seus pensamentos e ideias para seus colegas.

 

Freelance: você precisa conhecer tanto o front end quanto o back end (no WordPress, pelo menos). Desta forma, você pode assumir projetos para agências, startups e seus próprios clientes. Freelancing logo de cara pode ser uma coisa difícil de fazer. Você precisa aprender o lado comercial das coisas, juntamente com o lado técnico das coisas, tudo ao mesmo tempo.

Expanda seus métodos

 

Primeiramente, é muito importante acessar um site de vagas para programadores e dar uma olhada nas vagas que são compatíveis com o seu perfil. Se você achar alguma oportunidade interessante, não perca tempo, candidate-se mesmo se sentir que não domina todas as tecnologias pedidas e lembre-se: muitas delas nem mesmo serão utilizadas.

 

Além do clássico método online, outra forma que é extremamente eficaz e pouquíssimos desenvolvedores se lembram, é a presença constante em eventos focados em desenvolvimento e tecnologia. Essa é uma ótima maneira de entrar em contato direto e explicar pessoalmente as suas habilidades e objetivos.

 

Procure por eventos voltados para grandes marcas da tecnologias, linguagens específicas, recrutamento e etc. Prepare currículos e fique pronto para se apresentar da melhor forma para as pessoas que estão disponíveis no evento. Não tenha vergonha ou medo da reação das pessoas, apenas conheça bem a si mesmo e mostre do que é capaz!

 

Agora é com você

 

Essas dicas irão de ajudar a encontrar o início do caminho em direção ao seu primeiro trabalho, mas a maior parte deste caminho, quem irá comandar é você. Não se esqueça que são inúmeras as empresas que estão buscando candidatos ainda inexperientes com o intuito de torná-lo um profissional mais bem preparado. Com muita dedicação e trabalho as suas experiências começarão!

 

Se você é um programador e está buscando novas oportunidades profissionais, acesse a ProgramaThor, uma stratup focada no recrutamento de desenvolvedores. Para se candidatar às vagas e receber notificações em casos de matching, basta de cadastrar e completar seu perfil corretamente.

 

Como conseguir um trabalho Desenvolvedor Web Júnior
5 (100%) - 1 voto
Você pode também gostar